##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Leandro Siqueira FERNANDES Edson Rodrigues COSTA Aline Souza de Menezes MEDEIROS Tainara Veturini SOBROZA Marcelo GORDO

Resumen

Os fragmentos florestais contêm grande biodiversidade e funcionam como refúgios para muitas espécies de animais. Esses ambientes possuem plantas como as palmeiras, que são importantes recursos para muitas espécies de animais que ao consumirem os frutos promovem a dispersão das sementes. Palmeiras do gênero Attalea e Astrocaryum são frequentemente abundantes em fragmentos de florestas na Amazônia. No entanto, pouco se sabe sobre os animais que consomem seus frutos. O objetivo deste estudo foi identificar os animais que consomem frutos de Attalea maripa e Astrocaryum aculeatum. O estudo foi realizado em um fragmento de floresta tropical urbana em Manaus, Brasil. As observações foram feitas de julho a setembro de 2018 com auxilio binóculos, armadilhas fotográficas e câmera fotográfica. As armadilhas fotográficas foram instaladas em uma árvore A. aculeatum e oito árvores A. maripa por 24 horas cada. Foram registradas 11 espécies de animais (primatas, roedores, marsupiais e aves) alimentando-se dos frutos. As sementes foram consumidas perto das árvores-mãe. Não encontramos sementes predadas. Os mamíferos corresponderam à maioria (73%) dos animais que consumiram os frutos. Por outro lado, apesar da minoria (27%), as aves também usaram esses recursos. A maioria dos dispersores de sementes de grandes portes não existem no fragmento estudado, mas as espécies identificadas em nosso estudo se beneficiam e podem ser fundamentais para a dispersão das sementes.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##